Para adicionar aos favoritos faça Ctrl + d

Cuidados a ter

Cuidados

Eis alguns conselhos que o podem salvaguardar de eventuais problemas não previstos.

Faça uma análise da taxa de esforço e de quanto dinheiro terá disponível. Faça uma estimativa de que gastos vai ter para além das prestações da casa: água, luz, comida, transportes, outros bens que gostaria de adquirir num futuro próximo ( carro, viagens ). Averigúe também o impacto de possíveis subidas das taxas de juros (no caso de se subscrever uma taxa variável) – os bancos são obrigados a apresentar simulações de um cenário de subida dos juros no valor de um e dois pontos percentuais. Esta informação consta da FIN.

Deixe uma certa folga, porque normalmente aparecem sempre certas despesas não contabilizadas: impostos municipais, renovações na casa, um electrodoméstico em fim de vida, entre outros. Considere também a possibilidade de acontecer algum acidente e estar por algum tempo doente ou sem trabalho e não obter os níveis de rendimentos normais.

Analise com muita atenção todos os documentos do contrato que vai assinar. Traga-os para casa e leia-os alínea a alínea. Se encontrar algo que não sabe bem o significado, dirija-se ao balcão e peça todos os esclarecimentos.

Antes de assinar a proposta de crédito, traga todos os documentos para casa e analise-os com cuidado. Certifique-se que sabe o significado de cada alínea.

Tenha em atenção que alguns bancos cobram comissões de análise mesmo que o empréstimo seja recusado. Essa informação deve ser apresentada na FIN aquando a simulação do empréstimo.